sábado, 11 de fevereiro de 2012

EMPREGO DOS PORQUÊS


Emprego  dos porquês
Atendendo a pedidos,  aqui vão algumas dicas do uso do porquê.
1. Por que
A. usado em frase interrogativa direta ou indireta.

Por que você ainda não pagou aquela conta?

Gostaria de saber por que você não pagou aquela conta.

B.usado no interior da frase, pode ser trocado por "pelo qual".

Não entendo o motivo por que você fez isso.
2.Por quê ( usado em final de frase)
Você não encontra a chave do carro por quê?
Ela estava nervosa sem saber por quê.

Observação:
Em início de frase, por que( separado e sem acento) em final de frase, por quê( separado e com acento)
3. Porque ( indica causa ou explicação)
O rapaz agrediu a garota porque estava bêbado.
4. Porquê ( quando é um substantivo)
Não consigo entender o porquê dessa atitude.
Há muitos porquês para ela ter agido assim.
EXERCÍCIOS
1.       Empregue porque, porquê, por que ou por quê nas lacunas das frases a seguir:
1.      Chegou o momento __________eu esperava.
2.       ___________ você não nos disse nada?
3.       Desconheço o _________de sua atitude .
4.       Desconheço a razão ___________ você se cala.
5.       Você ainda o defende _____________.
6.       Saí, sim ________________.
7.       Queria saber __________ você não foi à reunião ontem.
8.       Não fui à reunião _____________eu estava doente.
gabarito
1-por que
2- por que
3- porquê
4- por que
5. por quê
6- por quê
7- por que
8-porque
Exercícios de vestibular
01. (INSPER 2009)
Preencha a lacuna com porque, porquê, por que, por quê: “Nunca nos perguntaram _____ cometemos tamanho
equívoco. Talvez _____ não quisessem ouvir a verdade. Os _____ doem às vezes.”
a) por que, porque, porquês                             d) porquê, por que, porquês
b) porque, porque, porquês                              e) porque, porque, por quês
c) por que, por que, por quês

02. INSPER 2006
Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo:
Não havia  para ele terminar tudo com a moça. Ela não fazia nada que o desagradasse  o
amava incondicionalmente. E ele, de fato, não tinha razões  deixá-la.
a) Porque, porquê, por que.
b) Porquê, por que, porque.
c) Por que, porque, por quê.
d) Porque, por que, porque.
e) Porquê, porque, por que.



Nenhum comentário:

Postar um comentário