terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

REGÊNCIA NOMINAL

REGÊNCIA NOMINAL
   Alguns NOMES( substantivo, adjetivo e advérbio)  necessitam de complemento para que tenham sentido completo (REGÊNCIA NOMINAL )
O termo que completa NOME é chamado de COMPLEMENTO NOMINAL.
Observação:
O COMPLEMENTO NOMINAL vem sempre regido por preposição.
Observe:



Tenho amor à vida.
          subst.   complemento nominal

Devemos  obediência      aos pais.
                    Substantivo        complemento nominal 
   REGÊNCIA NOMINAL 
Exemplos com SUBSTANTIVOS
admiração  a/por alguém.
 bacharel em Direito.
 doutor em Zoologia.
 medo de fantasma.
 respeito  aos /para com os mais velhos.
Resposta ao aluno.

Exemplos com ADJETIVOS
Paciente com todos;
Acostumado à vida boa ou com a boa vida
Ansioso por boas notícias.
Compatível com este tipo de sangue.
Contrário à corrupção
Favorável ao bem estar de todos.
Nocivo à saúde.
Próximo ao natal
Impróprio para menores.
Generoso com os empregados
Cheio de alegria.
Contente com a vida.
Fanático por doces.

Exemplo com ADVÉRBIOS
Perto de mim
Longe dos amigos.
Favoravelmente aos honestos.

Bibliografia consultada:
Cipro Neto, Pasquale

    Gramática da língua Portuguesa/Pasquale & Ulisses, - São Paulo, Scipione, 1988

Exercícios de Regência nominal

1. Assinale a frase com erro de regência:
a) o deputado presidiu a reunião até o fim;
b) proibimos os alunos de usar os cadernos para fazer a prova;
c) certificamos nossa família de vossa decisão;
d) paguei os operários no sábado;
e) atendemos ao seu desejo.

Que expressões completariam as lacunas?

2. “Não me refiro _____ estava sentada, mas sim______ pessoa ______ tu também te referias”.

a) a que - à - que;
b) aquela que - à - que;
c) àquela que - à - à que;
d) à que - a - à que;
e) à que - à - a que.
3. Na frase: “Tende a satisfazer as exigências do mercado”, substituindo-se “satisfazer” por “satisfação”, tem-se a forma correta:

a) tende à satisfação as exigências do mercado;
b) tende a satisfação as exigências do mercado;
c) tende a satisfação das exigências do mercado;
d) tende a satisfação às exigências do mercado;
e) tende à satisfação das exigências do mercado.
4. Complete os termos grifados usando a a devida preposição.
1.     O fumo é prejudicial __ saúde.
2.     Financiamentos imobiliários tornaram-se acessíveis __população.
3.    Seu projeto é passível  __ reformulações.
4.     Esteja atento __ tudo que acontece por aqui.
5.    Suas ideias são compatíveis __ as minhas.
6.    O aluno estava ansioso --- nota da prova.
7.    A criança tem medo __ escuro
8.    O professor fez referência __ conteúdo da prova .
5. As palavras ansioso, contemporâneo e misericordioso regem, respectivamente, as preposições:
a) a – em – de – para.
b) de – a – de.
c) por – de – com.
d) de – com – para com.
e) com – a – a.
6. (TJ – SP) Indique onde há erro de regência nominal:

a) Ele é muito apegado em bens materiais.
b) Estamos fartos de tantas promessas.
c) Ela era suspeita de ter assaltado a loja.
d) Ele era intransigente nesse ponto do regulamento.
e) A confiança dos soldados no chefe era inabalável.


7. UFSCAR

Em Tenho ódio mortal dos mosquitos, Drazio [sic] Varella usa a preposição de para ligar a palavra ódio à palavra mosquitos. Poderia, se quisesse, ter usado a e escrever: Tenho ódio mortal aos mosquitos. Trata-se da opção por uma determinada regência nominal. 

a) Leia os três trechos a seguir e diga em qual deles é possível empregar indiferentemente de ou a.
 I. Eu, que tinha ódio ao menino, afastei-me de ambos. (Machado de Assis, Memórias póstumas de Brás Cubas.) 
II. O ódio a Bill Gates se explica com uma palavra bem arcaica e bem humana: inveja. (Folha de S.Paulo, 02.07.2008.) 
III. O desejo de um conde por uma jovem desperta o ódio da mulher do nobre. (Folha de S.Paulo, 11.08.2008. Adaptado.)
 b) Explique o porquê da sua escolha anterior.

Gabarito aqui


2 comentários:

Junto e separado

Junto e separado O som pode ser o mesmo, mas a grafia e o significado são diferentes. Confira! 1.Porquanto Não me separo de você porqu...