sábado, 1 de julho de 2017



Turma do MARIO

Dica para conjugar 5 verbos terminados em -iar que diferem dos demais com a mesma terminação.
M ediar
A nsiar
R emediar
I ncendiar
O diar
Exemplo:
Eu medeio, anseio, remedeio, incendeio e ODEIO.
Esses verbos seguem o modelo do verbo ODIAR. Como todo mundo sabe odiar, fica fácil memorizar a conjugação. Note que as inicias dos verbos formam a palavra MARIO, daí vem o nome " turma do MARIO".

Essa regra vale somente para o PRESENTE DO INDICATIVO. Nos demais tempos e modos, os cinco verbos são conjugados com os demais terminados em -iar

quinta-feira, 22 de junho de 2017

ENEM 2016 5 questões comentadas

RIC. Disponível em: www.nanquim.com.br. Acesso em: 8 dez. 2012.
Questão 1
O texto faz referência aos sistemas de comunicação e informação. A crítica feita a urna das ferramentas midiáticas se fundamenta na falta de
a) opinião dos leitores nas redes sociais.
b) recursos tecnológicos nas empresas jornalísticas.
c) instantaneidade na divulgação da notícia impressa.
d) credibilidade das informações veiculadas nos blogs.
e) adequação da linguagem jornalística ao público jovem

Questão 2
Adoçante
Quatro gotas do produto contêm 0,04 kcal e equivalem ao poder adoçante de 1 colher (de chá) de açúcar. Ingredientes – água, sorbitol, edulcorantes (sucralose e acesulfame de potássio); conservadores: benzoato de sódio e ácido benzoico, acidulante ácido cítrico e regulador de acidez citrato de sódio.
Não contém glúten.
Informação nutricional – porção de 0,12 mL (4 gotas).Não contém quantidade significativa de carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras trans, fibra alimentar e sódio.
Consumir preferencialmente sob orientação de nutricionista ou médico.
Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S/A. Barueri, SP.
Esse texto, rótulo de um adoçante, tem como objetivo transmitir ao leitor informações sobre 

a) composição nutricional do produto.
b) necessidade de consultar um especialista antes do uso.
c) medida exata de cada ingrediente que compõe a fórmula.
d) quantidade do produto que deve ser consumida diariamente.

e) correspondência calórica existente entre o adoçante e o açúcar.

Questão 3
O acervo do Museu da Língua Portuguesa é o nosso idioma, um “patrimônio imaterial” que não pode ser, por isso, guardado e exposto em uma redoma de vidro. Assim, o museu, dedicado à valorização e difusão da língua portuguesa, reconhecidamente importante para a preservação de nossa identidade cultural, apresenta uma forma expositiva diferenciada das demais instituições museológicas do país e do mundo, usando tecnologia de ponta e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos.
Disponível em: www.museulinguaponuguesa.org.br. Acesso em: 16 ago. 2012 (adaptado).
De acordo com o texto, embora a língua portuguesa seja um “patrimônio imaterial”, pode ser exposta em um museu. A relevância desse tipo de iniciativa está pautada no pressuposto de que

a) a língua é um importante instrumento de constituição social de seus usuários.
b) o modo de falar o português padrão deve ser divulgado ao grande público.
c) a escola precisa de parceiros na tarefa de valorização da língua portuguesa.
d) o contato do público com a norma-padrão solicita o uso de tecnologia de última geração.
e) as atividades lúdicas dos falantes com sua própria língua melhoram com o uso de recursos tecnológicos.

Questão  4


Disponível em: http://portal.saude.gov.br.
Acesso em: 8 nov. 2013 (adaptado).
Na campanha publicitária, há uma tentativa de sensibilizar o público-alvo, visando levá-lo à doação de sangue. Analisando a estratégia argumentativa utilizada, percebe-se que

a) a exposição de alguns dados sobre a jovem procura provocar compaixão, visto que, em razão da doença, ela vive de maneira diferente dos demais jovens de sua idade.
b) a campanha defende a ideia de que, para doar, é preciso conhecer o doente, considerando que foi preciso apresentar a jovem para gerar identificação.
c) o questionamento seguido da resposta propõe reflexão por parte do público-alvo, visto que o texto critica a prática de escolher para quem doar.
d) as escolhas verbais associadas à imagem parecem contraditórias, pois constroem uma aparência incompatível com a de uma jovem doente.
e) a campanha explora a expressão da jovem a fim de gerar comoção no leitor, levando-o a doar sangue para as pessoas com leucemia.

Questão 5


Disponível em: www.ideiasustentavel.com.br. Acesso em: 30 maio 2016 (adaptado).
A importância da preservação do meio ambiente para a saúde é ressaltada pelos recursos verbais e não verbais  utilizados nessa propaganda da SOS Mata Atlântica. No texto, a relação entre esses recursos:
a) condiciona o entendimento das ações da SOS Mata Atlântica.
b) estabelece contraste de informações na propaganda.
c) é fundamental para a compreensão do significado da mensagem.
d) oferece diferentes opções de desenvolvimento temático.
e) propõe a eliminação do desmatamento como suficiente para a preservação ambiental.

RESPOSTAS

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Pronome relativo



Pronomes relativos

Pronomes relativos são usados para retomar  um termo antecedente( já expresso anteriormente)
Observe o exemplo:
Premiamos os alunos que tiraram nota máxima em redação. ( que retoma o termo alunos, introduzindo-o na oração seguinte)

Empego do PRONOME RELATIVO
Que
Pode ser empregado com relação a coisas ou pessoas.
Maria é a aluna que mais se destacou. Este é o livro que li.

O pronome relativo retoma um termo já mencionado na frase e se relaciona relação com esse termo.
Exemplos:
O amor é um sentimento que afirma a grandeza de alma da pessoa.
O pronome relativo "que" refere-se à palavra "amor"e introduz uma oração subordinada. Diz-se que a palavra "amor" é antecedente do pronome relativo "que".

Os pronomes relativos "que" e "qual" podem ser antecedidos pelos pronomes demonstrativos "o", "a", "os", "as" (quando esses podem ser substituídos por "isto", "isso", "aquele(s)", "aquela(s)", "aquilo".).

Por exemplo:

Não sei o que ela fez neste final de semana. (o= aquilo que ela fez)
Pronomes Relativos
Variáveis: o qual, os quais/ cujo, cujos/ cuja, cujas/ quanto, quantos/ quanta, quantas/ a qual, as quais.

Invariáveis: quem, que, onde

  O pronome "que" é o relativo de mais empregado, sendo conhecido como relativo universal. Pode ser substituído por "o qual", "a qual", "os quais", "as quais" quando seu antecedente for um substantivo.

Exemplo:
O homem que é honesto resiste à corrupção. (= o qual)
A nota que ele tirou em português foi abaixo da média. (= a qual)
Os trabalhos que eu avaliei estavam acima da média. (= os quais)
As músicas que as alunas selecionaram fizeram um grande sucesso. (= as quais)

Quem
com a pessoa ou ser personificado.  Ela é a aluna a quem me referi. Este é o rapaz por quem me apaixonei.

Onde
Indica lugar. Este é o colégio onde estudei.

Cujo(s)cuja(s)
Indica posse. Chamei o aluno cujo pai é delegado.

Quanto(s)
depois indefinido tudo. Guardei tudo quanto encontrei.

Quando (tempo)
“Era a época quando os reis saíam para as guerras”.

O qual ( suas flexões)
Este é o rapaz o qual mandei chamar. Esta é a menina a qual mandei chamar.

Observe que os relativos que, quem e onde são invariáveis, os demais admitem flexões de gênero e número.

sábado, 6 de maio de 2017

Feminino e masculino

Feminino e masculino

apenas gênero feminino


A agravante
A alface
A aguardente
A cal
A comichão
A derme
A entorse
A sentinela


apenas gênero masculino

O aneurisma
o apêndice
o clã
o dó
o eclipse
o eczema
o guaraná
o plasma

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Acentuação resumo




ACENTUAÇÃO GRÁFICA( resumo)
De acordo com a sílaba tônica, as palavras podem ser OXÍTONAS, PAROXÍTONAS E PROPAROXÍTONAS.
1.       OXÍTONAS: quando a sílaba tônica é a ÚLTIMA.

boné – sofá – você –  vovô – vovó - cantor – pastel – caqui – canguru
São Acentuadas apenas as oxítonas terminadas em  -a, -e, -o, -éi, -ói, -éu( seguidas ou não de (S) –em, -ens.
Exemplos: 

-     A (as) sofá, amá-lo, procurá-los. 

-     E( es)café, pelé, você,

-     O(os): avó, avô, após, camelô 

-     (em, ens) além, refém, reféns, parabéns, ninguém.

-     ÉI, ÓI, ÉU seguidos ou não de S 

–éi: pastéis, anéis.

- ói: – constrói,  anzóis.

- éu: –  troféu, troféus.


2.       PAROXÍTONAS: quando a sílaba tônica  é a PENÚLTIMA.

Empresa  – quadro – líder – fácil – consciência – recompensa – aniversário – jovem - júri - bônus - álbum.
Levam acento apenas as as paroxítonas  terminadas em:

- ã(s) ímã, órfãs

-ão(s): bênção, órfãos;

- i(s): táxi, júri ;

-  u (s) bônus,

- on (s): elétrons, próton,

-  um, uns(s) álbum, álbuns :

- L  túnel, fácil, cônsul, amável,  possível, lavável.

- PS: bíceps, fórceps

- N: éden, abdômen, hífen , glúten, pólen.

- R: revólver, fêmur, líder, pôquer, caráter, pôster.

- X: tórax, clímax, látex .

- ditongo: água, ânsia, petróleo, consciência, paciência, série.

Recordando ditongo: encontro de uma semivogal+ uma vogal ou vice-versa na mesma sílaba.



3.PROPAROXÍTONAS: quando a sílaba tônica é a ANTEPENÚLTIMA  (Todas são acentuadas)

  Método – cânticos – dúvida – lâmpada – sílaba – pássaro. pêssego, lâmpada, árvore, sílaba, túnica, tônica, fábrica, médico, dúvida, autêntico, dígito, amássemos, exército, incômodo, depósito, trânsito, ínterim, xícara, esplêndido, bússola, hábito, idólatra, gênero, fôlego,  ônibus, vândalo, êxito, fenômeno, ídolo, úmido, efêmero, desânimo, pássaro, ótimo,  pedíssemos.

Observação:
São acentuados todos os  monossílabos tônicos   em:
a(s) pá, pás, gás;
e(s): é( verbo ser) mês, três, dê( verbo dar), fé, vê-lo, vê-la;

 o(s) pós, cós, pôs, dó, só, pó.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

UM MOVER DE OLHOS



Este soneto compõe a figura ideal da mulher: delicada, submissa, discreta, sorriso brando.
Apesar de toda essa fragilidade aparente, ela consegue aprisionar o coração do poeta.

Um mover de olhos, brando e piedoso,
Sem ver de quê; um riso brando e honesto,
Quase forçado; um doce e humilde gesto,
De qualquer alegria duvidoso;

Um despejo quieto e vergonhoso;
Um repouso gravíssimo e modesto;
Uma pura bondade, manifesto
Indício da alma, limpo e gracioso;

Um encolhido ousar; uma brandura;
Um medo sem ter culpa; um ar sereno;
Um longo e obediente sofrimento:

Esta foi a celeste fermosura
Da minha Circe, e o mágico veneno
Que pôde transformar meu pensamento.

Turma do MARIO Dica para conjugar 5 verbos terminados em -iar que diferem dos demais com a mesma terminação. M ediar A nsiar ...