sábado, 8 de agosto de 2015

PARTICÍPIO ABUNDANTE


Verbos abundantes



Verbos abundantes
Chamamos VERBOS ABUNDANTES aqueles que possuem mais de uma forma no particípio.
Particípio regular terminado em –ado ( cantado, falado. Entregado) ou –ido( enchido, partido)
Particípio irregular empregado nas forma (pago, entregue, aceso, morto, eleito
Exemplo:
Pago/pagado
Entregue/entregado
Aceso /acendido
Morto/ matado/
Elegido/ eleito
De acordo com a norma culta da língua portuguesa, quando usamos os verbos auxiliares (TER OU HAVER) usamos o particípio regular

Exemplo:

Chamamos VERBOS ABUNDANTES aqueles que possuem mais de uma forma no particípio.
Particípio regular terminado em –ado ( cantado, falado. Entregado) ou –ido( enchido, partido)
Particípio irregular empregado nas forma (pago, entregue, aceso, morto, eleito

De acordo com a norma culta da língua portuguesa, quando usamos os verbos auxiliares (TER OU HAVER) usamos o particípio regular.Exemplo:
Se eu tivesse PAGADO  a conta em dia, não pagaria juros.

Com o auxiliar SER, usamos o particípio irregular. Exemplo;
A conta foi PAGA/ o boleto foi PAGO em dia.

Outros exemplos:
-  acendido/ aceso ( Se eu tivesse acendido a luz)
                           ( A luz foi acesa. O abajur foi aceso)
            
- elegido/ eleito     ( Se eu não tivesse elegido aquele deputado...)
                         ( O deputado foi eleito pela maioria dos estudantes)
- matado/ morto    ( Se eu não tivesse matado aquele infeliz, não estaria preso agora)
                          ( O assaltante foi morto pelo policial)

- entregado/ entregue ( Se ele tivesse entregado o lanche pontualmente, eu não ficaria irritada)
                                ( O lanche foi entregue rapidamente.)


observação:
O verbo CHEGAR não possui particípio irregular( chego)

Diga sempre:
Se eu tivesse chegado a tempo, poderia ter evitado o acidente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Junto e separado

Junto e separado O som pode ser o mesmo, mas a grafia e o significado são diferentes. Confira! 1.Porquanto Não me separo de você porqu...