domingo, 10 de abril de 2011

Diferença entre Adjunto adverbial e objeto indireto

Diferença entre  Adjunto adverbial e objeto indireto
Embora sejam termos associados VERBO, apresentam diferenças na estrutura sintática.
Adjunto adverbial: termo que especifica, modifica, determina, indica uma circunstância.
Objeto indireto : completa o sentido de um verbo transitivo indireto.

A.  Adjunto adverbial: termo  expresso por um advérbio ou locução adverbial que indica uma circunstância; as mais comuns: TEMPO, MODO, LUGAR , NEGAÇÃO, AFIRMAÇÃO, INTENSIDADE, DÚVIDA, INSTRUMENTO, COMPANHIA,  geralmente associado a VERBO INTRANSITIVO, nem sempre vem acompanhado de preposição.
Exemplo:
Amanhã  falaremos sobre isso. TEMPO
Ela falava tranquilamente sobre o assunto. MODO
A criança não  guarda mágoa por muito tempo .NEGAÇÃO
Josefina anda depressa. MODO
O meliante foi morto a tiros. INSTRUMENTO
Fui ao cinema com meu namorado. COMPANHIA

B.  Objeto indireto: termo que COMPLETA o sentido de um verbo transitivo com preposição obrigatória
Exemplo:
Esta criança  necessita de acompanhamento psicológico.
Sogra  quase sempre implica com nora.
O jovem anseia por liberdade.
Ninguém gosta de correção.

Concluindo:

1. Moro em São Paulo. 
               adjunto adverbial(  indica lugar onde moro)
2. Gosto de São Paulo.
                objeto indireto( completa o sentido do verbo transitivo indireto)

33 comentários:

  1. Na Frase: "Comprei uma blusa a Marcelo", qual a função sintática do termo "a Marcelo"? Objeto indireto, adjunto adverbial ou adjunto adnominal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Micheline, "a Marcelo" é objeto indireto: quem compra, compra algo a alguém.

      Excluir
  2. ) Bruno e seus amigos sairão de carro. De carro é objeto indireto ou adjunto adverbial?

    ResponderExcluir
  3. Na frase: "Amanhã, não iremos ao cinema." ao cinema é: Adjunto adverbial ou Objeto Indireto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns gramáticos consideram o verbo IR como transitivo indireto; outros, como intransitivo.
      No caso, por indicar um lugar, consideramos VERBO INTRANSITIVO E ao cinema ,ADJUNTO ADVERBIAL.

      Excluir
  4. Na frase, Bati à porta. à porta, é um adjunto adverbial ou um objeto indireto?

    ResponderExcluir
  5. você poderia me esclarecer sobre o adjunto adverbial de assunto, pois é o único que me causa confusão com o objeto indireto... Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falamos sobre arte grega. O termo sobre arte é um adjunto adverbial de assunto.

      Excluir
    2. Olá André.
      Essa classificação sintática não deveria ser tão rígida.Tudo depende do contexto. O objeto indireto deve ser empregado quando o verbo não tem sentido completo. Por exemplos: a criança necessita ( necessita de quê?????) A criança necessita de limites.
      Já em "Falamos sobre arte grega." , fica evidente a ideia de assunto.
      Espero ter ajudado.
      Grande abraço e volte sempre!

      Excluir
    3. Falamos sobre arte grega (adjunto adverbial, conforme você disse)

      mas em:
      Falamos com os alunos sobre arte grega (seria bitransitivo com dois objetos preposicionados)

      e em:
      Falamos bem (adjunto adverbial)
      Falamos o bem (objeto direto)
      Falamos bem sobre arte grega (adjunto adverbial e ? OI, AA, CN?)
      Falamos o bem da arte grega (objeto direto e objeto indireto?)

      Excluir
    4. Falamos com os alunos( objeto indireto)
      Falamos sobre arte grega( adjunto adverbial)
      Falamos bem( adjunto adverbial)
      Falamos o bem da arte grega( o bem: OD) da arte grega( CN)
      "da arte grega" é complemento nominal do substantivo bem

      Excluir
  6. Minha dúvida já foi sanada. Era a do verbo "ir".
    Essas indecisões dos gramáticos nada ajudam na hora da prova de concurso.
    Por acaso alguém sabe a posição da banca CESPE em relação a este verbo? Ao meu ver, é adjunto adverbial de lugar, mas não tenho certeza.

    Obrigado desde já.

    ResponderExcluir
  7. Olá,na frase: ela ainda não me escreveu uma linha sequer é VTDI ou adjunto adverbial de negação.Me explique, por favor?

    ResponderExcluir
  8. Olá, na frase: ela ainda não me escreveu uma linha sequer, é VTDI ou adjunto adverbial? Me explica, por favor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na oração: Ela ainda não me escreveu uma linha sequer.
      Escrevemos algo a alguém. Temos uma linha como objeto direto e o pronome me como objeto indireto. Portanto, trata-se de VTDI.

      Excluir
  9. Na oração: Rir de alegria, de alegria é adjunto adverbial ou objeto indireto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adjunto adverbial de causa( riu porque estava alegre)

      Excluir
  10. Ele morreu dormindo. Esta frase tem predicado verbo nominal ou verbal?
    Ele continua dormindo. Dormindo é predicativo?

    ResponderExcluir
  11. Neste caso, trata-se de uma oração subordinada adverbial temporal reduzida de gerúndio.( desenvolvendo, teremos ele morreu enquanto dormia)
    predicado verbal. Ele morreu.( predicado verbal) Ele estava dormindo.( predicado verbal ( estava dormindo é loução verbal( ação de dormir.)

    ResponderExcluir
  12. em "os funcionários saíram da reunião decepcionados com a proposta", DECEPCIONADOS é adjunto adverbial de modo?

    em "no final de semana, as crianças viajaram com os pais para a casa dos avós", COM OS PAIS é objeto indireto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decepcionados é predicativo do sujeito e COM OS PAIS é adjunto adverbial de companhia.

      Excluir
    2. Prof. Fátima, na oração "os funcionários saíram da reunião decepcionados com a proposta"; da reunião seria OI e com a proposta seria Complemento Nominal? O Predicativo do sujeito pode ser classificado como nome?

      Excluir
    3. Prof. Fátima, na oração "os funcionários saíram da reunião decepcionados com a proposta"; da reunião seria OI e com a proposta seria Complemento Nominal? O Predicativo do sujeito pode ser classificado como nome?

      Excluir
    4. análise sintática
      "Os funcionários saíram da reunião decepcionados com a proposta"
      os funcionários: sujeito
      saíram( verbo intransitivo)
      da reunião( adjunto adverbial de lugar)
      decepcionados( predicativo do sujeito)
      com a proposta( complemento nominal)

      Excluir
  13. Prof. Fátima, na oração " Fomos à praia, ontem"; à praia é adjunto adverbial de lugar ou OI, como foi dito mais acima, Alguns gramáticos consideram o verbo IR como transitivo indireto; outros, como intransitivo.
    No caso, por indicar um lugar, consideramos VERBO INTRANSITIVO E ao cinema ,ADJUNTO ADVERBIAL.
    No entanto, a crase não indicaria, por meio da exigência da preposição "a", que é objeto indireto?

    ResponderExcluir
  14. Existindo a circunstância de lugar, a maioria dos gramáticos costuma classificar o verbo IR como intransitivo e a locução "à praia", "ao cinema", "ao teatro", etc, como adjunto adverbial de lugar. A crase se dá devido à junção da preposição A do verbo ir com o artigo A do substantivo praia.

    ResponderExcluir

Turma do MARIO Dica para conjugar 5 verbos terminados em -iar que diferem dos demais com a mesma terminação. M ediar A nsiar ...