quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Adjunto, complemento e predicativo

DIFERENÇA ENTRE  Adjunto adnominal, Complemento nominal e Predicativo

Ocorre confusão no emprego destes termos porque todos eles são associados a um NOME.
a)    Adjunto adnominal :  termo que especifica, determina um substantivo , pode vir  ou não acompanhado de PREPOSIÇÃO.
Exemplos:
copo de vidro, mesa de madeira, garota linda, hora oportuna, momento feliz.

b)    Complemento nominal: termo que completa o sentido de um nome (substantivo ABSTRATO), adjetivo ou advérbio. Vem sempre acompanhado de PREPOSIÇÃO.
 Exemplos:
 medo de fantasma;  contrário à fé; favoravelmente ao réu.
 medo= substantivo abstrato;
contrário= adjetivo;
favoravelmente= advérbio.

c)    Predicativo:
        do sujeito:   refere ao sujeito ou ao objeto. Exemplos:A garota chegou linda.( linda se refere ao sujeito garota)

do objeto:
Consideramos os projetos excelentes.( excelentes se refere ao objeto projetos)

Observação:
A posição do adjetivo na frase pode alterar sua função sintática:
A garota linda chegou.( linda= adjunto adnominal – característica permanente da garota)
A garota chegou linda.( linda= predicativo do sujeito – característica transitória da garota) além disso, o predicativo vem separado do sujeito pelo verbo e o adjunto adnominal não.

         
Adjunto adnominal:
Termo sempre associado ao nome, com ou sem preposição, caracteriza ou determina um substantivo. O adjunto adnominal não se liga ao nome por meio de  verbo.
Classes gramaticais que funcionam como ADJUNTO ADNOMINAL:
artigo – adjetivo – locução adjetiva - pronome adjetivo – numeral
Exemplo:
Os meus dois queridos AMIGOS de infância chegaram ontem de São Paulo.
                                                                                 
os = artigo                                                                              
 meus = pronome adjetivo        
dois = numeral                                                  
queridos = adjetivo
de infância = locução adjetiva

Observe que as palavras em vermelho se referem ao substantivo AMIGOS , especificando-o. Os adjuntos adnominais( adjetivos e locução adjetiva) diferenciam o substantivo: não são quaisquer amigos, mas, meus,  queridos  e de infância .

Complemento Nominal
   É o termo preposicionado  que completa o sentido de um NOME ( substantivo, adjetivo ou advérbio).
Exemplos:
A criança  tem        medo                do escuro.
                       
substantivo          complemento nominal
O rapaz  estava   consciente        de seu dever.
                              
adjetivo       complemento nominal
A testemunha   depôs      favoravelmente      ao réu.
                                            
advérbio        complemento nominal

Observação 1
 
Assim como  verbos transitivos necessitam de complemento( objeto direto e objeto indireto), há também substantivos transitivos que necessitam de um complemento para que tenham sentido completo. Exemplos

- obedecer aos pais → obediência aos pais
                         OI                                    CN
- protestar contra a opressão → protesto contra a opressão
                           OI                                                     CN
- responder ao aluno → resposta ao aluno
                           OI                                 CN
-amar o país → amor ao país
              OD                             CN
- comprar um carro→  compra de um carro
                      OD                                             CN
- financiar um imóvel →  financiamento de um imóvel.
                          OD                                                       CN
Observação 2
Diferença entre OBJETO INDIRETO(OI) E COMPLEMENTO NOMINAL(CN)
OI se relaciona com o Verbo( obedecer aos pais)
                                                        verbo 
 CN=relaciona com o Nome( obediência aos pais)
                                                    substantivo

Predicativo do Sujeito e do Objeto


Predicativo é o termo da oração que atribui uma caracterização ao sujeito ou ao objeto. Vejamos alguns exemplos:
a) PREDICATIVO DO SUJEITO: termo que caracteriza o sujeito por meio de um verbo.
Maria é uma beleza.
                           pred. do sujeito
O substantivo beleza caracteriza o sujeito Maria, funcionando como predicativo do sujeito.

b) PREDICATIVO DO OBJETO : termo que caracteriza o objeto
O PREDICATIVO DO SUJEITO PODE SER REPRESENTADO POR VÁRIAS CLASSES GRAMATICAIS.
EXEMPLO:

a) substantivo ou palavra substantivada:

Amar  é uma alegria.

Esse é meu sonho

 b) adjetivo ou locução adjetiva:

 A garota é linda.

Amor verdadeiro é o de mãe.

c)  pronome:

O mestre é você  

Eu nào sou ele

d) numeral:

Éramos  apenas dois.

O predicativo do sujeito também pode ser representado por orações:

a) oração substantiva predicativa:

A verdade é que  eu amo você.

O importante era considerar os dois lados.


Considero Maria uma beleza.
                    OD        pred. do objeto
Beleza caracteriza o objeto direto Maria.

Gosto de você feliz.
                   OI   predicativo
Feliz caracteriza  o objeto indireto “você” funcionando como predicativo do objeto indireto.



13 comentários:

  1. O predicativo do sujeito nunca vem "colado" ao nome, já o predicativo do objeto, pode vir ao lado do nome? Essa informação procede?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gélikom. O predicativo do objeto pode vir ao lado do nome. Para maiores esclarecimentos, veja a aula 'DIFERENÇA ENTRE PREDICATIVO E ADJUNTO ADNOMINAL.
      Um abraço.

      Excluir
  2. Você é incrível, não estava conseguindo entender sintaxe mesmo estudando muito mesmo. Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  3. amei a explicação ,me ajudou muito,parabéns

    ResponderExcluir
  4. Estava com bastante dificuldade em entender a diferença entre tais classificações. Muito boa e objetiva sua explicação. Obrigado!

    ResponderExcluir

Junto e separado

Junto e separado O som pode ser o mesmo, mas a grafia e o significado são diferentes. Confira! 1.Porquanto Não me separo de você porqu...