terça-feira, 22 de setembro de 2015

TIPOS DE SUJEITO NO VESTIBULAR - EXERCÍCIOS





Sujeito - vestibular
01. (PUC) – “Nesse momento começaram a feri-lo nas mãos a pau” – Nessa frase o sujeito do verbo é:
a) nas mãos;
b) indeterminado;
c) eles (determinado;
d) inexistente ou eles, depende do contexto.
e) N.d.a.

02. (UNIRIO) – Em: “Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido”, temos oração:
a) sem sujeito;
b) com sujeito simples e claro;
c) com sujeito oculto;
d) com sujeito composto;
e) com sujeito indeterminado.

03. (FUVEST) – Assinale a alternativa em que há oração sem sujeito.
a) Existe um povo que a bandeira empresta.
b) Embora com atraso, haviam chegado.
c) Existem flores que devoram insetos.
d) Alguns de nós ainda tinham esperança de encontrá-lo.
e) Há de haver recurso desta sentença.

04. (FMU-SP) –
“Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico brado retumbante...”
O sujeito desta afirmação com que se inicia o Hino Nacional é:
a) indeterminado
b) “um povo heróico”
c) “as margens plácidas”
d) “do Ipiranga”
e) “o brado retumbamte”

05. (OSEC-SP) – Nas seguintes orações:
“Pede-se silêncio.”
“A caverna anoitecia aos poucos.”
“Fazia um calor tremendo naquela tarde.”
O sujeito se classifica respectivamente como:
a) indeterminado, inexistente, simples
b) oculto, simples, inexistente
c) inexistente, inexistente, inexistente
d) oculto, inexistente, simples
e) simples, simples, inexistente

06. (PUC) – “O que há entre a vida e a morte?”
a) O sujeito do verbo haver é o pronome interrogativo QUE.
b) Tem-se uma oração sem sujeito.
c) O sujeito está oculto.
d) O sujeito é indeterminado.
e) O sujeito é “uma curta ponte.”

07. (UEPG) – Só num caso a oração é sem sujeito. Assinale-a.
a) Faltavam três dias para o batismo.
b) Houve por improcedente a reclamação do aluno.
c) Só me resta uma esperança.
d) Havia tempo suficiente para as comemorações.
e) N.d.a.

08. (FOC-SP) – Duas orações abaixo têm sujeito indeterminado. Assinale-as:
I. Projetavam-se avenidas largas.
II. Há alguém esperando você.
III. No meio das exclamações, ouviu-se um risinho de mofa.
IV. Falava-se muito sobre a possibilidade de escalar a montanha.
V. Até isso chegaram a dizer.
a) I e II
b) III e IV
c) IV e V
d) III e V
e) I e V

09. (UNIMAR-SP) – Nas orações a seguir:
I. As chuvas abundantes, pródigas, violentas, fortes anunciavam o verão.
II. Eu e você vamos juntos.
III. Vendeu-se a pá.
O sujeito é, respectivamente:
a) composto, simples, indeterminado
b) composto, composto, indeterminado
c) simples, simples, oculto
d) simples, composto, “a pá”
e) composto, simples, “a pá”

10. (MACK) – Assinale a alternativa em que nada funciona como sujeito.
a) Nada vi.
b) Nada quer.
c) Nada somos.
d) Nada me perturba.
e) N.d.a.

11. (FMPA-MG) – “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não foi de todo inútil.”
O sujeito de procurar é:
a) indeterminado
b) eu (elíptico)
c) o desencanto
d) me
e) inexistente

12. (UFMA) – Há sujeito indeterminado em:
a) O pássaro voou assustado.
b) Surgiram reclamações contra o cruzado.
c) Ouvem-se vozes na sala vizinha.
d) Ali, rouba-se no atacado e no varejo.
e) Vendeu-a casa.

13. (FMC-SP) – Em relação a frase: “Precisa-se de trabalhadores”, indique a alternativa incorreta.
a) sujeito indeterminado.
b) “de trabalhadores” é objeto indireto.
c) “se” é índice de indeterminação do sujeito.
d) A frase é ativa de sujeito indeterminado.
e) A frase é passiva.

14. (FMU-SP) – Na oração: “Mas uma diferença houve”, o sujeito é:
a) agente.
b) indeterminado.
c) paciente.
d) inexistente.
e) oculto.

15. (UEMA) – Em qual das alternativas existe oração sem sujeito?
a) Houveram-se bem nos estudos.
b) Havia sido aprovado com distinção.
c) Fazia móveis em casa.
d) Bateu quatro horas o relógio.
e) Fazia horas que procuravam uma sombra.

16. (UNIRIO) – Assinale a frase cujo sujeito se classifica do mesmo modo que o da frase “Faz muito calor no Rio o ano inteiro.”
a) Devia haver mais interesse pela boa formação profissional.
b) Falaram muito mal dos estimuladores de conflitos.
c) Vive-se bem no clima de montanha.
d) Almejamos dias melhores.
e) Haviam chegado cedo todos os candidatos.


17. (FAAP-SP) –
“Triste ironia atroz que o senso humano irrita:
Ele que doira a noite e ilumina a cidade...”
O sujeito do verbo irritar é:
a) ironia
b) que(ironia)
c) senso humano
d) ele(senso humano)
e) indeterminado

18. (FESP) – Em “Retira-te, criatura ávida de vingança!”, o sujeito é:
a) te
b) inexistente
c) oculto determinado
d) criatura
e) n.d.a.


GABARITO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Turma do MARIO Dica para conjugar 5 verbos terminados em -iar que diferem dos demais com a mesma terminação. M ediar A nsiar ...